Copel inicia a venda de seu braço de telecom

228

A estatal paranaense Copel deu um importante passo na execução do seu plano de desinvestimentos ontem, quando seu conselho de administração aprovou a contratação dos assessores financeiro e jurídico que vão atuar na venda da Copel Telecom, primeiro dos ativos da estatal de energia que será privatizado. A assessoria financeira ficará com o Rothschild, enquanto o escritório Cescon Barrieu será responsável pelos aspectos jurídicos do negócio.

Valor Econômico