Artigo: O investimento pode ir pelo ralo. Literalmente

503

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua divulgada ontem mostra que o acesso ao serviço de saneamento ficou estagnado no último ano e isso é reflexo da falta de capacidade de investimento dos Estados. “A grande parte do investimento feito até aqui veio do setor público. Mas não há como avançar porque essa capacidade se esgotou”, diz Gustavo Guimarães, presidente da Iguá Saneamento, que já trabalhou na Sanepar, a empresa pública de saneamento do Paraná. “A discussão não deveria ser se os novos projetos serão de gestão pública ou privada. O problema é que os investimentos nos últimos anos vêm diminuindo, quando deveriam estar aumentando.” (Por Raquel Balarin)

Valor Econômico