ANTT ainda enfrenta resistência na discussão sobre frete rodoviário

101

A aposta da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) em contratar a EsalqLog/USP para conseguir pacificar os ânimos dos caminhoneiros e do setor produtivo, apresentando estudos técnicos sobre o custo do frete rodoviário no Brasil, ainda não mostrou o resultado esperado. Na última sessão pública para discutir o assunto, a agência recebeu de pedidos de ajustes pontuais nos números até o banimento de qualquer indicação do valor de referência para frete rodoviário país.

Valor Econômico