Decreto de internet das coisas traz isenção de Fistel, diz MCTIC

209

O decreto do Plano Nacional de Internet das Coisas (IoT, na sigla em inglês) vai garantir a isenção de taxas cobradas pelo Fundo de Fiscalização das Telecomunicações (Fistel) nos dispositivos IoTs. A afirmação é do secretário-executivo do Ministério de Ciência, Tecnologia, Inovação e Comunicações (MCTIC), Júlio Semeghini. Segundo ele, o texto está “pronto e revisado” e deverá ser assinado pelo ministro Marcos Pontes nos próximos dias.

Valor Econômico