Para reduzir perda de competitividade, governo recorre a concessões

157

O déficit em infraestrutura empurra o Brasil para a 108ª posição, entre 137 países, no ranking de Competitividade Global elaborado Banco Mundial de 2017-2018. Com infraestrutura de transportes e logística deficientes, o país produz menos, vende menos e com preço mais alto, enquanto emprega menos — diz Renato Sucupira, sócio da consultoria BF Capital. Sem recursos para investimentos públicos, a saída do governo é o plano de concessões à iniciativa privada. O orçamento do Ministério da Infraestrutura para este ano é de R$ 8,9 bilhões, dos quais R$ 4,3 bilhões foram contingenciados.

O Globo