Estatal quer prestar serviço para aeroportos, diz presidente da Infraero

711

Primeira mulher à frente da Infraero, até a chegada do brigadeiro Hélio Paes de Barros, a economista Martha Seillier, 35, já traçou o plano de venda dos 44 aeroportos restantes da estatal em dois leilões até 2022. Antes que a estatal não tenha mais aeroportos, Seillier quer convencer o governo a transformá-la numa prestadora de serviços de gestão de aeroportos para municípios e estados. O governo quer fechá-la.

Folha de S. Paulo