MPF pede mudança em edital da Norte-Sul

115

O leilão da Ferrovia Norte-Sul, marcado para dia 28 deste mês, corre o risco de ir parar na Justiça se não forem ajustados certos pontos do edital de concessão, como o direito de passagem em outras duas ferrovias que estão nas pontas para chegar aos portos do norte do país e de Santos. “Vamos judicializar o leilão se alguns pontos cruciais da regulação não forem ajustados pelo Ministério da Infraestrutura”, disse ao Valor o subprocurador-geral da República Augusto Aras, que também é coordenador da 3ª Câmara do Ministério Público Federal (MPF).

Valor Econômico