São Paulo tem demanda, mas só um projeto de trem de passageiros

429

Estado mais populoso do país e com rodovias que apresentam gargalos em horários de pico e em feriados prolongados, São Paulo tem demanda para a implantação de trens de passageiros intermunicipais, mas há apenas um projeto em andamento, além de ideias envolvendo um ramal ferroviário inativo no litoral sul. O TIC (Trem Intercidades), visto como positivo pelo setor ferroviário e prefeituras, é defendido pelo governador João Doria (PSDB), mas, sozinho, é insuficiente para atender a demanda de outras regiões do interior paulista, conforme associações ligadas ao setor. O Intercidades nasceu com o objetivo de ligar a capital a Americana, passando por Jundiaí e Campinas, com 135 km de trilhos e nove estações. Inicialmente, prevê-se o transporte de 68 mil passageiros por dia em operação junto com a linha 7-Rubi da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) –que já vai até Jundiaí. A previsão é que a obra custe R$ 5,4 bilhões, dos quais R$ 1,8 bilhão deve ser investido pelo estado.

Folha de S. Paulo