Braskem e Siemens fecham parceria para polo do ABC

303

A central petroquímica da Braskem no polo do ABC, em São Paulo, receberá investimentos de R$ 600 milhões nos próximos dois anos, para modernização do sistema termelétrico que atende a unidade. Os recursos serão aportados pela petroquímica e pela alemã Siemens, e resultarão na troca das turbinas a vapor que hoje alimentam a central por motores elétricos de alto desempenho e instalação de uma usina de cogeração, que consumirá gás residual do processo produtivo da Braskem.

Valor Econômico