Para a infraestrutura, 2018 ainda será muito difícil

4179

O ajuste fiscal drenou o fôlego do poder público investir. Do lado privado, faltam projetos e sobra insegurança. A avaliação é do presidente-executivo da Abdib, Venilton Tadini. O resultado fraco de 2018 na ótica dos investimentos em infraestrutura é fruto de um problema mais estrutural: não há uma estratégia de desenvolvimento definida com programas de investimentos públicos e privados articulados para aumentar a eficiência da economia. (Rádio Jovem Pan – 23/06/2018 – 8h21)