Conversão de multas deve chegar a R$ 300 milhões

3053

A Petrobras negocia com o Ibama a conversão da maior parte das multas ambientais não pagas em recursos para projetos ambientais. A estatal está entre as maiores devedoras do instituto, com cerca de R$ 1 bilhão em penalidades sob questionamento. Cálculo preliminar do Ibama aponta que cerca de R$ 300 milhões podem ser direcionados a projetos de proteção ao meio ambiente na primeira fase do programa de conversão, mais que o orçamento do órgão em 2017 (excluindose a folha de pagamento).

O Globo