Investimentos em redes de esgoto recuam 26%

1805

Afetados pela crise fiscal e pela menor receita das operadoras estaduais, os investimentos em esgotamento sanitário caíram 26,2% em termos reais entre 2015 e 2016, de R$ 5,7 bilhões para R$ 4,2 bilhões. Foi o segundo ano consecutivo de queda. As obras do setor ficaram 36,2% abaixo do pico registrado em 2014 e em nível semelhante ao de 2008. Os dados são do Sistema Nacional de Informações sobre Saneamento (SNIS), do Ministério das Cidades, e foram reunidos pela GO Associados

Valor Econômico