Aeroporto em Minas vira símbolo dos tropeços econômicos do Estado

111

Foi anunciado que o aeroporto de Pampulha, em Belo Horizonte, vai ser usado para voos nacionais e não só regionais. Ele é mais perto da cidade, o que poderia parecer uma boa notícia para o país. Só que há problemas graves na decisão, um exemplo muito bom de como as intervenções estatais têm efeitos colaterais. O mais importante deles é que a decisão muda as regras do jogo da concessão de outro aeroporto, o de Confins, o que pode gerar prejuízo para quem investiu ali, inclusive o próprio governo, que é sócio através da Infraero. E também há um risco para quem mora em Belo Horizonte, porque a cidade pode perder voos internacionais por não ter mais um hub aeroportuário.

 Fonte: Gazeta do Povo