Cemig tenta até a última hora, mas governo mantém leilão de usinas

477

A Cemig tentou até o último minuto ontem fechar um acordo com o governo para ficar com ao menos uma hidrelétrica ou suspender o leilão das quatro usinas, até agora operadas pela estatal, programado para hoje. Apesar da forte pressão política da bancada mineira no Congresso, a empresa não conseguiu convencer a equipe envolvida nas discussões de que teria condições de pagar pela hidrelétrica. Com isso, os empreendimentos serão leiloados, às 10h, em São Paulo.

Fonte: O Globo