País defende mais crédito e menos burocracia no banco do Brics

707

O Brasil quer que o Novo Banco de Desenvolvimento (NDB, na sigla em inglês), conhecido como banco do Brics, acelere financiamentos de projetos no país e evite planos de gastos com mais burocracia.  Em funcionamento desde 2015, o banco do Brics até agora aprovou para o Brasil um crédito de US$ 300 milhões para projeto de energia eólica e outras fontes renováveis, operacionalizado pelo BNDES.

Fonte: Valor Econômico