Mercado Aberto: Os liberais que me perdoem

868

Fonte: Folha de S. Paulo

O problema da falta de infraestrutura não vai se resolver só com investimento privado, avalia Venilton Tadini, presidente-executivo da Abdib (entidade de infraestrutura e indústria de base). “Existe uma quimera de achar que só as concessões e o PPI [Programa de Parceria de Investimentos] vão resolver a questão. Não é verdade, até pelo estoque de estrutura na mão do Estado.” No caso das rodovias, por exemplo, 90% é controlado por governos, diz ele.

O executivo defende o programa Avançar, que deverá contar exclusivamente com investimento público. O pacote, a ser lançado, é uma espécie de PAC do atual presidente, só com obras que possam ser concluídas até o fim de 2018. Há questionamentos, porém, sobre a capacidade de investimento do governo. “Se há uma crise fiscal, é necessário realocar. A indústria está ociosa e ainda é preciso estruturar as concessões. Os liberais que me perdoem, mas resta o Estado para recuperar a confiança.”