Teles vivem a crise do quarto lugar

697

A combinação de baixo crescimento das receitas e competição crescente com ambientes macroeconômicos instáveis e mudanças regulatórias vem minando a saúde financeira de operadoras de telecomunicações em mercados emergentes. Essa fragilidade já se traduziu em inadimplência com instituições financeiras -­ o volume de empréstimos não honrados por operadoras de Brasil, Nigéria e Turquia soma pelo menos US$ 8,95 bilhões.

 

Fonte: Valor Econômico