Governo prevê aporte de R$ 25 bi em portos

544

O prazo de concessão passa de 25 anos, prorrogáveis por outros 25, para 35 anos, prorrogáveis por mais 35 anos. A renovação dos contratos prevê novos investimentos como contrapartida. Essas alterações valem para contratos firmados a partir de 1993. Para os anteriores, haverá novas licitações. Se até então somente a área do arrendamento no porto poderia ser expandida, a partir de agora, o governo poderá autorizar a expansão para área contígua, desde que dentro do porto público e atendendo a critérios técnicos.

 

Fonte: O Globo