Ancelmo Gois: Buraco na estrada

852

As contas são da Consultoria Inter.B, de Claudio Frischtak. Em 2010, o país investiu em transportes R$ 54,3 bilhões a preços de 2016. Em 2016, o investimento foi de R$ 36,5 bilhões, uma queda em termos reais de 32,8%, num país com tantas deficiências nos meios de transporte. Claudio Frischtak não é pessimista: – Nossas projeções mostram que o fundo do poço foi em 2016. Apostamos numa recuperação modesta em 2017, e bem melhor em 2018, liderada pelo setor privado.

 

Fonte: O Globo