Remanejamento do FGTS vai bancar medidas de estímulo à construção civil

584

O governo retirou R$ 7 bilhões do orçamento do FGTS que seriam destinados para saneamento básico e infraestrutura urbana para custear as medidas de estímulo ao setor da construção civil. Segundo fonte ouvida pelo Valor, apesar da necessidade de aumento dos investimentos em saneamento básico e infraestrutura urbana, os recursos no FGTS não são utilizados. No caso do saneamento básico, empresas públicas não conseguem pegar dinheiro emprestado devido ao alto endividamento.

 

Fonte: Valor Econômico