ANP adia decisão sobre cálculo de royalties

114

A Agência Nacional do petróleo (ANP) enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) um pedido para prorrogar por 30 dias o prazo para se manifestar sobre a nova metodologia de cálculo do preço mínimo do petróleo para fins de pagamentos de royalties e participações especiais. No dia 15 de dezembro do ano passado, o STF determinou que a ANP publicasse até 1º de março a resolução com a fixação dos novos valores.

 

Fonte: O Globo