Petrobras está disposta a atender TCU para encerrar ação

1052

Entre as exigências está a publicação prévia de fato relevante sobre a oportunidade do negócio a ser alienado. A estatal também vai ter de permitir a habilitação de quaisquer interessados em adquirir o ativo. Em deferência ao “princípio da igualdade, da impessoalidade e da competitividade”, a Petrobras também terá de divulgar a todos os licitantes as informações levantadas no processo de perguntas e respostas e garantir aos participantes oportunidades iguais de negociação.

 

Fonte: Valor Econômico