Futuro do modelo gera debates no governo

905

O Ministério da Fazenda prefere a continuidade do programa de concessões, com a oferta em leilão de terminais como o de Congonhas (SP) e o Santos Dumont (RJ). Além de trazer mais operadores para o mercado, isso pode levantar bilhões de reais em outorga em um momento delicado das contas públicas. Outras alas do governo federal, como o Ministério dos Transportes, apoiam a nova subsidiária e admitem mais privatizações de aeroportos médios.

 

Fonte: Valor Econômico