EDP e Eneva vão à Justiça contra cobrança de taxa emergencial por seca

823

A crise hídrica que afeta a Região Nordeste do País foi parar nos tribunais. Na segunda-feira (09), as empresas EDP e Eneva, donas das duas maiores usinas térmicas movidas a carvão do País, instaladas no Porto de Pecém (CE), entraram com um processo no Tribunal de Justiça do Ceará contra o governo estadual. Na ação, as empresas que controlam as usinas Pecém I e II questionam a criação, pelo governo,
do Encargo Hídrico Emergencial (EHE), taxa extra que foi incluída na conta de água e que tem sido cobrada pela desde outubro do ano passado.

 

Fonte: O Estado de S. Paulo