Para donas de rodovias, arbitragem é insuficiente para rever prazo de obra

413

Concessionárias de rodovias reclamam da falta de uma previsão para revisão dos cronogramas de obras na medida provisória que regula o tema, que deve ser publicada na próxima semana. As empresas querem poder renegociar a obrigação de duplicação das vias em um prazo de cinco anos – exigência do governo federal introduzida nos leilões realizados em 2013.

 

Fonte: Folha de S. Paulo