Corte é desafio na Anatel, diz Quadros

925

Administrar um orçamento cada vez mais enxuto é um dos principais desafios de Juarez Quadros, que assume a presidência da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) hoje, em Brasília. Em 2016, por exemplo, a agência perdeu metade dos R$ 140 milhões reservados para despesas correntes e investimentos. Boa parte do dinheiro seria usada na operação da agência – o que inclui a manutenção dos serviços de fiscalização – e em novos projetos. O valor restante, que corresponde a 72% do total, é destinado à folha de pagamento e não sofre cortes.

 

Fonte: O Estado de S. Paulo