Paridade com preço externo vira piso para nova Petrobras

803

A principal mensagem trazida pelo comando da Petrobras na divulgação do plano de negócios tem relação com a política de preços de derivados. Esse tema poderia parecer menor em um momento em que a estatal vende gasolina e diesel no Brasil cobrando 27% e 23% mais caro, respectivamente, do que se pratica no mercado externo. Não é. A diretoria ainda se esforça para manter em segredo detalhes de sua política de preços ­- se é que existe uma formalizada -­, mas pela primeira vez desde que assumiu a presidência da Petrobras, em maio, Pedro Parente foi mais claro sobre o tema.

 

Fonte: Valor Econômico