AGU autoriza crédito para empresas investigadas

910

A angústia das empresas envolvidas na Lava­-Jato que não conseguiam mais financiamentos em bancos públicos está perto do fim. Em um parecer de 19 páginas, a Advocacia-­Geral da União (AGU) deixou claro que a existência de investigações e processos judiciais não constitui obstáculo à liberação de novos desembolsos. O parecer é uma resposta à consulta feita pelo BNDES sobre o risco jurídico dessas operações de crédito. Uma das travas aos repasses era o desconforto de técnicos do banco em endossar a liberação de recursos a construtoras investigadas pela Polícia Federal e o Ministério Público.

 

Fonte: Valor Econômico