PF apura possível superfaturamento de R$ 170 milhões em trecho de Rodoanel

966

A investigação aberta pela Polícia Federal (PF) de São Paulo para apurar suposta irregularidade em aditivo à construção do trecho Norte do Rodoanel, que teria gerado superfaturamento de R$ 170 milhões no custo de terraplenagem da obra, teve em sua origem uma denúncia feita por João Bosco Gomides, ex-funcionário de uma prestadora de serviços da Desenvolvimento Rodoviário S.A (Dersa), estatal do governo de São Paulo.

 

Fonte: Valor Econômico