Mundo pode ir do excesso à escassez de petróleo

859

Corte nos investimentos em países como Venezuela e Rússia, e em petrolíferas, como Exxon Mobil e Royal Dutch Shell, significa que menos barris serão produzidos.

 

Fonte: Valor Econômico