Sem dinheiro, Estado quer dar subsídio

835

O governo de Luiz Fernando Pezão quer aprovar na Assembleia Legislativa (Alerj) um subsídio de R$ 39 milhões para a Supervia, que controla a operação de trens. O governo argumenta que a operação é necessária para evitar o aumento do preço da passagem, hoje em R$ 3,30.

A SuperVia alega que precisa reajustá-la em R$ 0,30 para cobrir o aumento de seus custos com energia elétrica. Entre março e novembro, a energia elétrica teve alta de 89%, provocando um aumento nas contas da concessionária de R$ 5 milhões para R$ 11 milhões mensais. – A energia é o segundo maior custo da operação (depois de pessoal). A AgênciaReguladora de Transportes (Agentransp) apontou desequilíbrio no contrato. Esse subsídio é emergencial para a continuidade do serviço — justificou Osorio.

 

Fonte: O Globo