Infraero pode ficar fora da privatização de aeroportos

936

O ministro da Aviação Civil, Eliseu Padilha, Afirmou ontem que  o governo deverá reduzir a participação da Infraero nos quatro aeroportos que serão concedidos dentro do âmbito da segunda fase do Programa de Investimentos em Logística (PIL2) – Florianópolis (SC), Fortaleza (CE),Salvador(BA) e Porto Alegre (RS) – ficando numa faixa Entre 0%e 15%. Nos aeroportos concedidos durante a primeira fase do PIL – Brasília, Guarulhos, Viracopos, Galeão e Confins –, a participação da Infraero foi fixada em 49%.

 

Fonte: O Estado de S. Paulo