Há diversidade suficiente para nortear as próximas concessões?

966

Em fase interna de avaliação pelo governo, o processo de concessões para expansão, exploração e manutenção dos aeroportos de Porto Alegre, Salvador, Florianópolis e Fortaleza conta com um modelo jurídico consolidado nas etapas anteriores, mas estaria limitado a uma base de dados e informações desnecessariamente empobrecida, em consequência da exclusão de várias empresas. O edital publicado em junho dirigido a interessados na apresentação de projetos, levantamentos, investigações e estudos técnicos para subsidiar a modelagem das concessões atraiu 31 empresas, mas só 11 foram selecionadas.

 

Fonte: Carta Capital