Sabesp contesta reportagem sobre captação de água poluída da Billings

883
Sobre Sabesp não cumpre limite e capta água poluída da Billings, a Folha, mesmo alertada, desprezou documento oficial do Daee, que autoriza a Sabesp a captar mais água do Taquacetuba, para fazer alarmismo. É erro, portanto, afirmar que a Sabesp descumpriu uma norma. A norma existe e vem sendo cumprida. Com a postura, infelizmente, o jornal menospreza a qualidade de uma água que é utilizada há 60 anos e, que antes de ser distribuída, passa por rígidos controles de qualidade. A tese do jornal cai justamente pela existência de documento expedido pelo órgão regulador e que autoriza captação média anual de 4 m3/s.
 
Fonte: Folha de S. Paulo