Grupo de CEOs globais se reúne no país para debater segurança hídrica

1041
Reunidos pela segunda vez no Brasil, 31 CEOs e representantes da política monetária mundial farão nova rodada de reuniões como integrantes do Conselho Latino-Americano para a Conservação (LACC, em inglês), sigla que pretende fazer avançar três agendas decretadas cruciais e urgentes para a região: escassez de água, segurança alimentar e infraestrutura. 

Criado em 2011 por Mark R. Tercek, ex-banqueiro de investimentos do Goldman Sachs, hoje CEO da organização ambientalista “The Nature Conservancy” (TNC), o grupo reúne o know-how, a influência política e os recursos financeiros de grandes empresários para ajudar na conservação do chamado “capital natural” – a terminologia que denomina a riqueza embutida nos rios, oceanos e florestas. A intenção é fomentar a inovação e soluções aplicáveis em larga escala para os desafios à frente.
Fonte: Valor Econômico