Sabesp descumpre limite e capta mais água da poluída Billings

893

Em desacordo com norma estadual, a gestão Geraldo Alckmin (PSDB) está captando mais água do que deveria da poluída represa Billings, na zona sul de São Paulo. Portaria do órgão regulador impõe limite de 2.190 litros de água por segundo na média anual que a Sabesp pode retirar da Billings para transferir ao sistema Guarapiranga, que abastece mais de 5 milhões de pessoas.

 

Fonte: Folha de S. Paulo