Prêmio de risco hidrológico para o ACR não será tabelado em 10% dos contratos

482

A Agência Nacional de Energia Elétrica abandonou a proposta que estabelecia um desconto de 10% no preço dos contratos como base para o cálculo do prêmio de risco hidrelétrico. A nova proposta, costurada a partir das contribuições dos agentes, possibilitará ao gerador escolher o nível de exposição ao GSF. A Aneel definirá valores fixos de prêmio para cada percentual de exposição ao risco hidrológico. O valor em megawatts/hora do prêmio a ser pago pelos agentes será mantido inalterado por toda extensão do contrato. A informação foi adiantada nesta quarta-feira, 28 de outubro, pelo relator do processo, o diretor da Aneel Tiago de Barros Correia.

Fonte: Canal Energia