Mais um leilão de concessão bem-sucedido

497
A Agência Nacional de Transporte Rodoviário (ANTT) foi bem sucedida na realização do leilão de concessão do trecho da rodovia BR-101 entre Bahia e Espírito Santo. O consórcio vencedor será responsável por investimentos no valor de R$ 2,1 bilhões ao longo de 25 anos de concessão. O deságio em relação à tarifa máxima permitida foi de 45%.

O modelo de concessão na infraestrutura brasileira, dessa forma, mostra mais uma vez ser um sistema eficiente para expandir e modernizar a infraestrutura em diversos setores, atrair investimento privado e perseguir a modicidade tarifária por meio da competição.
O trecho leiloado faz parte da terceira fase do programa federal de concessões rodoviárias, que conta ainda com mais três trechos que aguardam, há alguns anos, definições, aprovações e autorizações para serem oferecidos ao mercado dentro do modelo de concessão. Há investidores interessados, há urgência nos investimentos e há ainda outros trechos rodoviários, federais e estaduais, com potencial para serem concedidos no Brasil.
Diante das incertezas externas que têm derrubado perspectivas de crescimento em diversas regiões, os governos de vários países passaram a apostar na infraestrutura como forma de incentivar investimentos e melhorar as condições de competitividade e desenvolvimento.
O Brasil, com inúmeros bons projetos e gargalos em proporções ainda maiores, tem condições de atrair boa parte do capital disponível entre investidores internacionais para a infraestrutura brasileira se for ágil e eficiente em preparar e realizar os leilões de concessão.
Paulo Godoy é presidente da Abdib