Ações para fortalecer inovação e desenvolvimento tecnológico

330
Uma das principais demandas do setor produtivo é contar com profissionais bem treinados e capacitados que sejam capazes de gerenciar os negócios e os projetos de forma eficiente e garantir ou superar os resultados previstos.

Para isso, cada vez mais as empresas estão desenvolvendo ações que visem à capacitação e ao treinamento da mão de obra. Especializada e preparada, essa força de trabalho será responsável por promover os projetos de investimento, de inovação e de desenvolvimento tecnológico que são fundamentais para o crescimento sustentável dos negócios.

Atenta às necessidades das empresas, a Abdib vem atuando ao longo dos últimos anos na tentativa de mitigar as lacunas quanto à qualificação profissional. Desde 2004, por meio de seu programa de Educação Corporativa, o Educorp, já formou mais de 600 profissionais em parceria com as mais importantes instituições de ensino do país. Cerca de 40 cursos de pós-graduação e MBA foram ministrados.

Mais uma ação nesse sentido está no nosso radar. Dentro desse contexto, a Abdib promove, dia 7 de novembro, uma reunião para discutir o programa Ciência sem Fronteiras, iniciativa do governo federal para fomentar a inovação e o desenvolvimento tecnológico por meio de oferta de bolsas de estudo no exterior. O encontro, que será realizado na sede da entidade, em São Paulo, terá a presença de José Henrique Paim, secretário-executivo do Ministério da Educação, de Luiz Antonio Rodrigues Elias, secretário-executivo do Ministério de Ciência e Tecnologia, e de executivos de empresas do setor de infraestrutura e indústrias de base.
O tema é essencial tanto para o setor público quanto para a iniciativa privada. O desenvolvimento da infraestrutura brasileira passa pela promoção de diversas ações dentro de uma ampla agenda que contempla desde a redução dos custos com capital, tributos e trabalho até a capacitação da mão de obra e o fortalecimento da inovação e do desenvolvimento tecnológico.
A capacitação da mão de obra é um desafio real, das funções mais simples às mais complexas e específicas. Mas é superável. É necessário investimento e comprometimento, tanto do setor público quanto da iniciativa privada, em políticas persistentes de longo prazo.
Ralph Lima Terra é vice-presidente executivo da Abdib