Governo de SP adia fim do contrato da linha 6 do metrô

123

O governo de São Paulo prorrogou para novembro o prazo para a caducidade da concessão da Linha 6-Laranja, controlada pela Move São Paulo (Odebrecht, UTC e Queiroz Galvão). A ideia é ganhar tempo para fechar um acordo com um comprador e evitar a anulação do contrato. O grupo assinou a Parceria Público-Privada (PPP) no fim de 2013, para construir e operar a linha, que receberia R$ 9 bilhões em investimentos públicos e privados.

Valor Econômico