LeftRight

Venilton Tadini, presidente-executivo da Abdib, participou de dois eventos na última semana – Seminário Brasil 2018, pela Amcham, dia 4, e Infra2038, no dia 5 – nos quais abordou os desafios para a retomada do crescimento econômico sustentável. Tadini fez uma avaliação histórica, demonstrou a importância do papel do Estado no setor e recomendou medidas.


08 de dezembro. Integrantes do Comitê de Aeroportos da Abdib se reúnem para avaliar iniciativas regulatórias do setor aeroportuário federal com a presença do secretário de Fomento e Parcerias do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Dino Antunes Dias Batista.


07 de dezembro. Abdib promove reunião do Comitê de Transmissão de Energia para discutir aspectos do plano de ação do grupo e assuntos que são alvo atualmente de consultas e audiências públicas para avaliar as contribuições da Abdib nestes processos.


06 de dezembro. Empresários e especialistas de grupos de trabalho dos comitês de Aeroportos e Rodovias discutem preocupações em torno das regras para regular a indenização possivelmente devida para investidores por término antecipado de contratos de concessão.


A Abdib lança no dia 5 de dezembro, na sede da entidade, uma iniciativa com a Desenvolve SP, a Frente Nacional de Prefeitos (FNP), o BNDES e a International Finance Corporation (IFC) para apoiar o país em uma das principais carências existentes no setor de infraestrutura atualmente: a ausência de projetos de boa qualidade para licitação que atraiam investidores para investimentos privados em infraestrutura via concessões e PPPs.


As eleições de 2018 vão dificultar investimentos em infraestrutura no próximo ano, disse o presidente do BNDES, Paulo Rabello de Castro, em evento da Amcham-Brasil (câmara americana de comércio), nesta segunda (4). “Vemos alguma retomada, mas por ser um ano eleitoral vai ser mais difícil. Vários entes públicos, a partir de abril, ficam limitados para pedir financiamento.” O setor respondeu pela maior fatia dos desembolsos do banco —cerca de 30%— entre 2015 e 2017.

Fonte: Folha de S. Paulo


Estiagens, secas, enxurradas, inundações. Os fenômenos naturais que sempre marcaram diferentes regiões do País, que vive situação de estresse hídrico, nunca expuseram cenários tão extremos como os ocorridos nos últimos anos. Entre 2013 e o ano passado, os desastres naturais afetaram 55,7 milhões de pessoas – mais de 25% da população nacional. No total, as perdas são R$ 9 bilhões por ano.

Fonte: O Estado de S. Paulo

30 de novembro. A Abdib promove reunião do Comitê de Financiamento e Garantias da entidade, em São Paulo, com a presença de Eliane Lustosa, diretora da Área de Acompanhamento do Mercado de Capitais e da Área de Investimento no Mercado de Capitais do banco de fomento, para discutir, com empresários e especialistas, a atuação do BNDES junto ao mercado de capitais para estruturação de funding para investimentos em infraestrutura.