LeftRight

O pedido de recuperação judicial da Oi e a desaceleração da economia brasileira, somado aos cortes de custos de Vivo, TIM e Claro, farão com que os investimentos em telecomunicações despenquem neste ano. De acordo com projeções do setor, a expectativa é que os recursos destinados à ampliação e à manutenção de rede caiam cerca de 30% em 2016 em relação ao ano passado, passando de R$ 28,6 bilhões para cerca de R$ 20 bilhões. É o menor patamar desde 2010.

 

Fonte: O Globo

De acordo com informações da secretaria-­executiva do Programa de Parceria de Investimento (PPI), o governo federal vai atuar com ênfase em três frentes para agilizar concessões e parcerias público­-privadas (PPPs) nos serviços sanitários: dar à Agência Nacional de Águas (ANA) poder regulatório sobre o setor de saneamento básico; firmar convênios com Estados e municípios para modelagem de projetos de concessão e PPPs; e facilitar o lançamento de PPPs em pequenas cidades ou microrregiões onde há pouco ou nenhum atendimento sanitário.

 

Fonte: Valor Econômico

21 de julho. Abdib realiza reunião do Comitê de Geração de Energia para discutir questões regulatórias e tributárias pertinentes às empresas do setor. Na pauta, empresários discutem incentivos tributários para geração distribuída, contratos de geração de energia prorrogados em 2013 e dispositivos previstos na Medida Provisória 735/2016.


O governo quer criar um seguro para obras federais que garanta a conclusão dos projetos e evite a criação de aditivos que aumentam o custo. É uma de 20 medidas em estudo para melhorar o ambiente de negócios e acelerar a retomada do crescimento. A empreiteira candidata a uma licitação apresentaria seu projeto a uma seguradora, que irá servir de garantia para a conclusão da obra nos moldes e nos custos previstos no projeto.

 
Fonte: Reuters

O governo federal deve indicar o ex-presidente e ex-conselheiro da Eletrobras José Luiz Alquéres para presidir a nova formação do Conselho de Administração da elétrica, afirmou fonte do governo. Alquéres já foi presidente também da Light e da Alstom, e atualmente presta consultoria. Alquéres fazia parte do conselho da Eletrobras, mas renunciou em 2012 após o governo exigir que a elétrica aceitasse medidas para reduzir as contas de luz.

 

Fonte: Reuters

 


Venilton Tadini e Ralph Lima Terra, presidente-executivo e vice-presidente-executivo da Abdib, participaram de reunião com Maria Silvia Bastos Marques, presidente do BNDES, no Rio de Janeiro,  dia 15 de julho, que estava acompanhada de Cláudia Prates, Claudio Coutinho Mendes e Marilene Ramos, diretores do banco de fomento, além de Rodolfo Torres, superintendente, e Luciene Ferreira, assessora da Presidência do banco.


Novamente, o câmbio está em rota de rápida apreciação, registrando uma valorização de 23,16% no primeiro semestre do ano. Já é a moeda com maior apreciação no mundo. É imperativo que o manejo do câmbio seja usado como ferramenta de política econômica e recuperação da competitividade da indústria brasileira.

Fonte: Estadão.com


Essa nova versão deverá abranger 41 aeroportos, dos quais 13 na Amazônia Legal, ao custo aproximado de R$ 2 bilhões. Os últimos ajustes podem aumentar um pouco a lista final. Será dada prioridade às cidades médias, como Ribeirão Preto (SP) e Sinop (MT), além de localidades onde a aviação tem caráter social, notadamente na região amazônica.

 

Fonte: Valor Econômico

O ministro da Casa Cilvil, Eliseu Padilha, foi recebido por cerca de 30 empresários dos conselhos de Administração e Consultivo da Abdib em almoço no dia 14 de julho, na sede da entidade, em São Paulo. O ministro apresentou iniciativas do governo federal para ajustar as contas públicas e para retomar os investimentos.

098


O ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, disse para empresários na Abdib que as parcerias com o setor privado vão se acelerar. O presidente da Abdib apoiou medidas que melhorem o planejamento de longo prazo e a qualidade dos projetos e afirmou que a taxa de juros elevada e a volatilidade do câmbio são atualmente impeditivos para atrair investimentos na infraestrutura. (Rádio Jovem Pan – 6h40)


15 de julho. Venilton Tadini e Ralph Lima Terra, presidente-executivo e vice-presidente-executivo da Abdib, participam de reunião com Maria Silvia Bastos Marques, presidente do BNDES, e toda a diretoria do banco de fomento, no Rio de Janeiro, para discutir propostas e possibilidades para melhorar as condições de financiamento de investimentos em infraestrutura.


A crise econômica brasileira tem sido marcada pela deterioração da condição fiscal do país. É nesse ambiente que surge uma nova esperança via emissão de títulos de dívida lastreada em recebíveis de fluxo financeiro da dívida tributária já parcelada pelas empresas com a União. Em outras palavras trata­-se de uma securitização via emissão de debêntures.

Fonte: Valor Econômico