LeftRight

17 de outubro. A Abdib promove reunião do Comitê de Recursos Hídricos e Saneamento Básico, sob coordenação de Rogério Tavares (Aegea), para discutir qual um plano de ação que inclui temas estruturantes capazes de contribuir para a consolidação do ambiente jurídico e institucional e para a ampliação de investimentos voltados à expansão e à modernização da infraestrutura de água e esgoto.


Dentro da possibilidade de reestruturação da Sabesp a partir da Lei 16.525/2017, a subsecretária de Parcerias e Inovação do Governo do Estado de São Paulo, Karla Bertocco, explicou que o governo de São Paulo, historicamente, tem preferência de atuar em parceria com o setor privado nos investimentos em diversos setores.


Em encontro realizado no dia 10 de outubro na Abdib, o presidente da Sabesp, Jerson Kelman, explicou aspectos da possibilidade de reestruturação da empresa, algo em fase de estudo após a aprovação da Lei 16.525/2017 do governo paulista, e aproveitou para apresentar números do desempenho operacional da concessionária.


10 de outubro. A Abdib recebe o presidente da Sabesp, Jerson Kelman, que também é integrante do Conselho de Administração da entidade, para dialogar sobre os impactos do processo de reestruturação da companhia paulista decorrente das inovações da Lei 16.525/2017 do Governo do Estado de São Paulo.


Pelo menos 80 empresas já pediram ao governo o enquadramento ao novo Decreto dos Portos. O principal benefício do decreto é permitir que as empresas arrendatárias de áreas nos portos públicos prorroguem seus contratos sucessivas vezes até o limite total de 70 anos – desde que descontado o tempo já decorrido do arrendamento e mediante novos investimentos.

Fonte: Valor Econômico

05 de outubro. Conselheiros da Abdib recebem o presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira, na sede da Abdib, em São Paulo, para debater os desafios e as perspectivas do processo de reestruturação da estatal federal.

 


05 de outubro. Abdib promove reunião do Comitê de Transmissão de Energia para discutir, entre outros assuntos, as próximas ações da entidade após a aprovação pela Aneel de resolução que altera procedimentos de operação das empresas.


A consulta pública da Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) sobre a regulamentação de mecanismos de isenção do cumprimento da obrigação de conteúdo local (o chamado waiver) recebeu 306 contribuições desde 17 de julho. A revisão das regras vale para os contratos de concessão da sétima à 13ª rodada de licitação, da cessão onerosa e da primeira rodada de partilha do pré-sal, de blocos para exploração de petróleo e gás natural.

Fonte: Agência Brasil

A taxa de investimento em infraestrutura sobre o PIB deve recuar novamente – de 1,7% em 2016 para 1,5% em 2017, de acordo com levantamento recentemente realizado pela Abdib. Essa informação foi abordada por Igor Rocha, diretor de Planejamento e Economia da Abdib, em congresso de executivos financeiros do IBEF-SP, no dia 27 de setembro, em São Paulo.